Ácido Fólico

O ácido fólico, ou vitamina B9, é uma vitamina importante na formação de proteínas e na multiplicação das células do corpo. É um componente essencial durante o crescimento e desenvolvimento do corpo humano.

As melhores fontes de ácido fólico são o fígado, os feijões, as verduras verde-escuras, carnes magras, batata e pão integral. Porém, a biodisponibilidade do ácido fólico diminui em cerca de 50% dependendo do preparo, principalmente se os alimentos forem cozidos.

A deficiência desta vitamina está fortemente relacionada à malformações fetais, principalmente defeitos do tubo neural (como anencefalia e mielomeningocele) e labio leporino. Por este motivo a FEBRASGO orienta a suplementação do ácido fólico antes (pelo menos 30 dias) e durante a gestação.

Também com o intuito de diminuir a incidência de defeitos do tubo neural o Ministério da saúde e a ANVISA publicaram a Resolução – RDC nº 344, de 13 de dezembro de 2002, que obriga o enriquecimento das farinhas de trigo e de milho com ferro e ácido fólico a partir de junho de 2004.

O que pouca gente sabe, porém, é que o excesso de ácido fólico na gravidez é um dos fatores relacionados ao autismo (leia mais em outro post do Manual do Nenê)…

Uma pesquisa realizada na Universidade John Hopkins, Estados Unidos, concluiu que níveis de folato 4 vezes maiores que os recomendados estão relacionados a 2 vezes mais chances de o filho desenvolver Transtorno do Espectro Autista. Se além do excesso de folato também existir o excesso de vitamina B12 o risco aumenta para 17,6 vezes.

A Organização Mundial da saúde recomenda que os níveis de folato fiquem entre 13,5 e 45,3 nanomoles/Litro. Ainda não existe dose certa para a vitamina B12.

E agora? Suplementar ou não?

Bem, a suplementação sob orientação médica, principalmente antes e durante a gestação é essencial. Como também é importantíssimo que seja feita na dose correta, controlada pela dosagem das vitaminas no sangue.

Siga sempre a orientação do seu médico.

 

Manual do Nenê

Referências:

http://www.marjan.com.br/noticias/acido-folico

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/anvisa/2002/rdc0344_13_12_2002.html

http://facinepe.edu.br/2016/05/12/excesso-de-acido-folico-na-gravidez-causa-autismo

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA